II Viaggio in Italia Orquestra de Câmara de Curitiba e Olivia Centurioni (violino - itália)
A Camerata Antiqua de Curitiba e a pianista italiana Olivia Centurioni, da Orquesta Barroca Sevilla, fazem uma apresentação especial na programação do Mia Cara. Esta parceria inspiradora terá três apresentações: uma em Florianópolis (30 de maio, 20h, no Teatro Ademir Rosa) e duas em Curitiba (31 de maio, 20h, e 1º de junho, 18h30, na Capela Santa Maria Espaço Cultural).
O programa faz uma viagem musical pela Itália, passando por Roma, Veneza e Nápoli, destacando composições de importantes nomes que marcaram a produção cultural destas cidades. As apresentações são gratuitas.
Olivia Centurioni tem uma carreira internacional aplaudida. Após aprender violino com os pais, foi admitida em 1984 no Conservatório Santa Cecilia, em Roma. Após a formação, seguiu para Suíça, onde estudou por mais dois anos na Academia de Música da Basileia. Já em 1994, foi admitida na Schola Cantorum Basiliensis, realizando mais quatro anos de pesquisa musical.
Passou então por diversos grupos famosos de música clássica em sua terra natal, como Ensemble 415 e a Orquestra da Comunidade de Madrid, e gravou músicas na Alemanha e França. Todo este estudo a levou também a lecionar: entre muitos cursos, ensinou violino barroco na Itália, na Polônia e na Espanha.
A Camerata Antiqua de Curitiba foi fundada em 1974, formada por um coro e uma orquestra de câmara. Inicialmente voltada de maneira exclusiva à pesquisa de sonoridades dos períodos Barroco e Renascentista, hoje trabalha também com compositores nacionais e estrangeiros, antigos e contemporâneos. Foram oito discos gravados desde a sua criação. Tem como mantenedora a Fundação Cultural de Curitiba.
Programa
O programa das apresentações faz uma viagem por três cidades italianas e compositores que se destacaram nestes locais.
Roma
Arcangelo Corelli (1653-1713) - Com uma escrita elogiada pelo equilíbrio, conquistou a crítica da época, especialmente com seu concerto grosso n. 6. É considerado um dos principais mestres da passagem do século XVII para o XVIII.
Concerto Grosso em Ré Maior, Op. 6 nº 4 (Adagio- Allegro/Adagio/Vivace/(Giga) Allegro)
Giuseppe Valentini (1681 - 1753) - Destacou-se na música barroca e chegou a chefiar o concerto de San Luigi dei Francesi. Suas obras foram publicadas por toda a Europa.
Concerto Grosso em Lá Menor Op. 7 nº 10 (Andante/Allegro/Grave/Allegro)
Pietro Castrucci (1679-1752) - nascido em Roma, passou boa parte de sua vida em Londres, onde chegou a ser líder da orquestra de ópera de George Frideric Handel.
Concerto Grosso em Ré maior Op. 3 nº 12
Veneza
Antonio Vivaldi (1678-1741) - Tendo composto mais de 700 obras, é um dos ais celebrados compositores da fase tardia do barroco. É conhecido por ter estabelecido a estrutura definitiva do concerto e da sinfonia.
Concerto para Cordas em Lá Maior RV 158 ((allegro molto/Andante molto/Allegro)
Concerto detto "Il Favorito" em Mi Menor RV 277 (Allegro/Andante/Allegro)
Concerto para Cordas em Dó Maior RV (Allegro/Largo/Allegro)
Napoli
Alessandro Scarlatti (1660-1725) - Importante nome do barroco, Scarlatti tem seu trabalho considerado fundamental para o desenvolvimento da ópera séria e da ópera bufa. É considerado pai da escola napolitana de ópera.
Concerto Grosso nº3 em Fá Maior (Allegro - Largo/Allegro/Largo)
Local: Curitiba - Capela Santa Maria aqui >
Horário e Dia: 31 de Maio - 20h
Horário e Dia: 01 de Junho - 18h30
Ingresso: Entrada Gratuita - Ingressos podem ser retirados diretamente na Capela Santa Maria. 
Categoria: Música

Confira outras programações em Curitiba!